domingo, 10 de abril de 2011

Dá-me a tua mão













Dá-me a tua mão desconhecida,
que a vida está me doendo,
e não sei como falar - 
a realidade é delicada demais,
só a realidade é delicada,
minha irrealidade e 
minha imaginação são mais pesadas...








C
larice Lispector

Um comentário:

  1. As tensões são grandes,mas temos que lutar e encarar os desafios...

    A Cara da Poesia

    ResponderExcluir